Como Funciona a Energia Solar

06-07-2020

Entender detalhadamente como funciona a energia solar é um importante requisito para a aquisição ou montagem de um sistema de captação de energia solar.

A energia solar fotovoltaica pode gerar eletricidade por meio da utilização de sistemas on-grid, off-grid e de sistemas híbridos. A energia solar térmica utiliza painéis solares específicos para o aquecimento de líquidos, enquanto a energia heliotérmica funciona como uma usina termelétrica.

Existem 3 formas de funcionamento de um sistema de energia solar fotovoltaico, que varia pelo tipo de sistema instalado: conectado à rede (on-grid), isolado ou autônomo (off-grid) e híbrido.

Dessa forma, podemos diferenciá-las a partir do seu modo de operação, já que o sistema on-grid atua com a inserção de energia diretamente na rede elétrica, enquanto há presença de luz solar no imóvel.

Por outro lado, o sistema off-grid funciona por meio de um banco de armazenamento que conta com baterias que não estão ligadas a uma rede elétrica, com o diferencial de manter o seu funcionamento em períodos noturnos ou chuvosos, momentos em que há baixa ou nenhuma luminosidade.

Já o sistema híbrido tem sua operação de modo simultâneo, entre on-grid e off-grid, fazendo com que seu trabalho ocorra conectado à rede, enquanto o banco de baterias está carregando, e vice-versa.

O Painel Solar gera a energia solar fotovoltaica

O Painel Solar reage com a luz do sol e produz energia elétrica (energia fotovoltaica). Os painéis solares, instalados sobre o seu telhado, são conectados uns aos outros e então conectados no seu Inversor Solar:

O Inversor Solar converte a energia solar para a sua casa ou empresa

Um inversor solar converte a energia solar dos seus painéis fotovoltaicos de corrente contínua (CC) para corrente elétrica alternada (CA). Ou seja, o inversor transforma a corrente em energia elétrica que pode ser usada em sua casa ou empresa para a TV, computador, máquinas e qualquer equipamento elétrico que você precise usar.

A Energia Solar é distribuída para sua casa ou empresa

A energia elétrica que sai do inversor solar vai para o seu "quadro de luz" e é distribuída para sua casa ou empresa.

Como esta energia é gerada por você, não haverá custo na utilização desta. Portanto, é possível reduzir a energia que você compra da distribuidora.

Porém, é importante ressaltar que cada distribuidora de energia tem as suas regras e as exigências para conectar o seu sistema de energia solar fotovoltaica na rede elétrica. Por isso é importante você solicitar orçamentos de empresas experientes que possam ir até o seu local para fazer uma avaliação e lhe passar um orçamento fechado para o seu sistema fotovoltaico.

O excesso de energia vai para a rede da distribuidora gerando créditos!

Após a instalação do seu sistema de energia solar, o seu relógio de luz antigo vai ser substituído por um relógio de luz novo que é "bidirecional" (mede a entrada e a saída de energia).

Esse relógio de luz mede a energia da rua que é consumida quando não tem sol e a energia solar gerada em excesso quando há uma produção maior que o consumo e é injetada na rede da distribuidora.

A energia solar que vai para a rede vira créditos de energia. Os Créditos de Energia são medidos em kWh. Para cada kWh gerado em excesso pelo seu sistema solar fotovoltaico você recebe 1 crédito de kWh para ser consumido nos próximos 60 meses.

Desta forma, no final do mês quando você receber a sua conta de luz, você vai ver quanto de energia consumiu da rede e quanta energia injetou na rede. Se injetar mais na rede do que consumiu, você terá créditos de energia, garantindo mais economia na sua conta de luz.

Em outras palavras: você produz energia limpa com a luz do sol e reduz a sua conta de luz!

Os créditos de energia são regulamentados pela ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) possuindo regras específicas que variam de acordo com a sua localização e sua classe de consumo (residencial, comercial ou industrial).

Via: portalsolar